BLUES TO THE LORD - CHURCH
...............................................
Renúncia
Caminhos ...Home[x]

Tamanho da letra:  Diminuir [-]  Aumentar [+]            Imprimir somente o texto   

Renunciando ao Presbitério da Assembléia de Deus.

Sergio Luiz Brandão - SLB Sergio Luiz Brandão - SLB
Brasil - São Paulo/SP
sergio@blues.lord.nom.br

Paz, da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo.

Venho, no temor do Senhor Jesus Cristo apresentar uma situação para todos aqueles que, de alguma forma conheceram minha caminhada até este momento. Serei muito objetivo e, peço, aos que lerem, diante da Palavra de Deus, entendam.

Desde o início da caminhada da fé, estive buscando a obra do Senhor através das Assembléias de Deus.
Desde o início, também, o Senhor dizia, nas suas muitas formas de manifestar, que, eu não teria ministério com as igrejas onde peregrinava, nem qualquer outra, porque tinha um chamado específico.

Sem muito entendimento, ainda iniciante, pensava que isso era "coisa do inimigo", para atrapalhar a obra.

Com o passar do tempo, ainda na Assembléia de Deus (Bom Retiro - SP), fui batizado nas águas pela doutrina da trindade, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, submetendo-me ao espírito da lei pela doutrina do dízimo, da justiça do amor condicional. Posteriormente, fui consagrado ao diaconato e, tempos após, ao presbitério na Assembléia de Deus (Nipo Brasileira - SP). Neste dia, quando da solenidade de consagração ao presbitério, o Senhor, através de uma irmã, disse assim: "Quando os pastores vierem colocar suas mãos sobre a tua cabeça, colocarei a minha debaixo da deles, mais tarde entenderá o significado disso ..."

Depois de alguns anos, o Senhor falava cada vez mais forte que não teria parte nesses ministérios, meu chamado era outro.

Mesmo assim, ainda, com sede de fazer a obra, fui para a Renascer em Cristo, O Brasil para Cristo, Comunhão Plena ... onde veio a Palavra do Senhor, dizendo que ali encerrava minha peregrinação. Fazia alguns anos que estava desvinculado do ministério da Assembléia de Deus, mas, continuei minha peregrinação por outros, até o dia que nunca mais entrei em prédios de igrejas que se dizem evangélicas. Depois disso, iniciei uma dispensação para escrever. Entretanto, ainda, estava com a designação "presbítero", que havia recebido pela Assembléia de Deus.

Anos de caminhada e peregrinação por igrejas e campos ... e, quando removi todos os espíritos de doutrinas de mim, o Senhor começou abrir sua Palavra ao meu entendimento e, mostrar, a interpretação daquilo que nunca havia questionado. ( Quando alguém congrega em algum ministério, recebe o espírito da liderança e, também, onde não há a verdade de Cristo, espíritos de engano e de demônios, transformando a pessoa em escravo espiritual do lugar e da liderança, obedientemente cego ...)

O site já estava publicado mas, eu ainda estava no muro e, o muro, é do inimigo. Os estudos no site já entravam em confronto com o pacote-pronto das denominações, mas, eu, preocupado com a obra, ficava indiferente aos avisos do Senhor. Eu recebia a interpretação da Palavra de Deus e publicava no site, mas, continuava andando no meio do engano.

O Senhor, para apertar-me e convencer-me da minha insistência de querer andar pelo caminho do engano disse que eu estava tendo um comportamento igual do rei Saul, quando foi ordenado acabar com os inimigos, mas, ouvindo o povo e seu próprio coração, ainda quis aproveitar alguma coisa. A conduta do rei Saul era rebelião contra o que já havia sido determinado pelo Senhor. ( 1 Samuel 15 ) Aqui há revelação sobre o que ocorrerá com essa que se diz igreja evangélica.

Depois de algum tempo, comecei perguntar em oração sobre a designação "presbítero", pois, havia recebido tal "título" pela Assembléia de Deus que tem doutrina da lei e vive debaixo da escravidão e maldição da lei, anulando a graça de Cristo. Esta doutrina e conduta está condenada diante da Palavra de Deus. Esta igreja é Agar, não é Sara e está condenada com seus filhos. Não somente a Assembléia de Deus, mas, todas as demais existentes que vivem debaixo da doutrina da lei, dízimos, sábados, e outros desvios, estão fora da graça. ( Gálatas 4:21 - 31 )

Enquanto o Senhor não falasse, nada faria. Entretanto, a resposta veio. Agora, se não deixar a consagração dada pela Assembléia de Deus, que vive pela lei e falsa doutrina, não posso unir-me à esposa (igreja), para a qual sou chamado, a graça - Romanos 7:4.

A esposa, que digo, e texto que indiquei, é a "igreja". Se eu ficar ligado, de alguma forma com a lei, ou seja, com a Assembléia de Deus, da qual recebi consagração para presbítero, não posso unir-me à graça, igreja de Jesus Cristo, a igreja que é livre, para a qual sou chamado. Diante da Palavra estaria em adultério. Por isso necessário entender o que nos foi deixado pela Palavra de Deus e cumprirmos, para não errarmos o alvo.

Exemplificando, se um dia, recebesse a designação de padre em local próprio para isso e hoje sou crente, devo rejeitar e renunciar tal feito. Se recebi a designação de presbítero em local errado, debaixo da lei, também, devo rejeitar e renunciar.

Uma igreja que se diz evangélica e vive pela justiça da lei, não pode consagrar alguém para a graça de Cristo. Uma igreja que se diz evangélica e vive pela doutrina da trindade católica apostólica romana, não pode consagrar alguém para a graça de Cristo.

Por isso, de público, venho declarar que, renuncio à consagração para presbítero, que recebi pela Assembléia de Deus.

Declaro, também, que, renuncio ao batismo nas águas que recebi pela Assembléia de Deus conforme a doutrina da trindade, que também rejeito, diante da Palavra de Deus.

Prossigo na caminhada da fé, sem hesitar, sabendo que, por muitas maneiras, o Senhor já falou que sou chamado para uma obra e, agora, coloco-me com a minha casa limpa, completamente desvinculada para os seus propósitos. Amém.

O site e tudo o que está escrito permanece e ainda será acrescentado progressivamente, nada removo dele - o site faz parte da obra que recebi - apenas, encerra, a designação "presbítero" porque recebi pela Assembléia de Deus, da qual rejeito sua doutrina e reprovo sua conduta cada vez mais corrompida.

A revelação da falsa graça, do falso amor, do falso cristo, dos falsos irmãos, das doutrinas de demônios que blasfemam o nome de Cristo e Deus Pai, com muito amor usando a Bíblia, falsos profetas, falsos apóstolos, mercadores da fé manipulando pessoas para se tornarem consumidores do mercado cristão, mercenários políticos que trocam almas por votos tranformando o nome de Cristo em referência de corrupção, como se Cristo fosse igual a eles, enfim ... Onde está a igreja do Senhor Jesus? Quem ainda defende esses é igual a eles, de Deus não se zomba e Deus não mudou.

O que está acontecendo com a igreja do Senhor é que, a verdadeira, ainda não foi manifestada, está espalhada pela terra "sem nome". O que vemos atualmente é a grande farsa e, o Senhor providenciará para que os enganados tomem suas decisões e saim dessa mentira com aparência de igreja.

Não adianta pregar boas novas do evangelho e depois fazer escravos malditos para a perdição eterna, com doutrinas da lei e de demônios, dentro de prédios com aparência de igreja evangélica. Usam o nome de Cristo mas transformam as pessoas sem entendimento da Palavra de Deus em filhos do Diabo.

Nestes dias de 2010, aqueles que se dizem defensores da honra, da verdade e do amor de Deus Pai e de Jesus Cristo, estão levantando as vozes contra aborto, pedofilia, pornografia ... mas, estas coisas, estão acontecendo dentro dos prédios e ministérios que se dizem evangélicos. Matam e abusam de crianças (ovelhas do Senhor) todos os dias usando púlpitos, muita música, barulho e fogo estranho, com doutrinas de demônios e doutrinas da lei, judaizante.

A igreja prostituta, sensual, está preocupada(?) com o aborto do lado de fora, vendo as coisas conforme o homem natural vê, mas, não vê a blasfêmia, maldição, aborto, pedofilia todos os dias dentro de prédios chamados de igrejas evangélicas. É a reunião dos mortos, um cemitério de pessoas espiritualmente perdidas pensando que estão vivas com Cristo.

Esta igreja que se diz evangélica, atual, negociando votos em eleições passadas, elegeu os atuais representantes do povo, usando a massa de manobra evangélica, pessoas sem entendimento de Palavra de Deus, que seguem seus líderes cegamente.

Esta igreja que se diz evangélica, agora, quer se colocar como defensora da moral, do cristianismo, da honra, do amor, da legalidade. Como? Seus líderes, homens corruptos e diabólicos venderam o nome do Senhor Jesus Cristo por negociatas políticas e mercadológicas. Deus Pai e o Senhor Jesus Cristo não fazem parte deste "negócio maldito".

Esta igreja que se diz evangélica, agora, tenta dissimular que, ela, não fez nada errado e o inimigo é o culpado de tudo.

O Deus vivo e verdadeiro, que não brinca com seu Nome, que é maravilhoso, está atento para toda essa lama dos falsos defensores da moral de um falso evangelho, de um falso cristianismo, de um falso cristo.

Para entender como são as coisas do Deus verdadeiro, um aborto dentro do útero da mãe (igreja) é quando, alguém lança a semente do evangelho, falando que Jesus Cristo ama e salva e, esta semente, começa manifestar um feto, para que seja filho de Deus ... mas, de repente, uma palavra estranha, que não é da Palavra de Deus, começa entrar neste útero da mãe (igreja) como um adultério, como um estupro (pois, há casos em que o agente, com terror, impõe as obrigações da lei e de seus interesses segundo Satanás) e, este feto, que era para ser formado filho de Deus, é transformado em um aborto, porque morre.

( Igreja não significa prédio ou nome fantasia, é cada pessoa que foi chamada e recebeu a semente do Evangelho do Senhor Jesus Cristo. A igreja nasce dentro de cada um que verdadeiramente ama o Senhor Deus e Pai e o Senhor Jesus Cristo de todo o coração e, o próximo como a si mesmo. )

Então, o feto morre, porque doutrina de demônio (tipo teologia da prosperidade, new wave gospel, etc) e doutrina da lei (dízimos, sábados, uso do véu, cabelo, etc) são heresias e blasfêmias que anulam e pisam na graça do Senhor Jesus Cristo.

O aborto, a morte daqueles que foram chamados para serem filhos de Deus, livres em Jesus Cristo, agora, são fetos escravos mortos e desfigurados, mortos diante de Deus Pai e do Senhor Jesus, mas, vivem apenas para homens, satisfazendo estes, seus prazeres pecaminosos e iniquidades contra o Senhor.

Os fetos abortados, desfigurados (que tentar parecer como filhos de Deus), mortos e escravos, jamais poderão crescer e viver segundo a verdade e glória da Palavra da graça, jamais. A Palavra de Deus já determina isso. A Palavra de Deus já está julgando.

Da mesma forma a pedofilia, pois, para ter prazer em abusar de ovelhas crianças espiritualmente e materialmente, sem sentir uma gota de culpa, usando a Bíblia, torna-se pior que o pedófilo natural. Somente um filho do diabo, filho da perdição eterna, vestido de ovelha, vestido de líder espiritual congregacional, tem coragem para tamanha blasfêmia e iniquidade. Quem tem o Espírito Santo e é verdadeiro filho de Deus Pai, não faz isso. O inimigo de Deus, faz.

E mais, conforme a maioria poderosa que se diz evangélica, ensinam e pregam, alardeando, constrangendo e intimidando pessoas sem entendimento da Palavra de Deus que, se quiserem receber benefícios do Senhor(?), somente pagando.

Somente pagando dízimos, ofertas, carnês, boletos, campanhas ... Quer ser curado? Quer ver a família salva? Quer ter bom emprego? Quer ser promovido no trabalho? Que comprar um carro do ano? Quer ter uma casa melhor? Quer que traga o pregador popstar na igreja? Quer que traga os ídolos gospel? Quer salvação da alma?!?! Então, pague!

O deus mercenário e iníquo, destes, usam o nome de Jesus Cristo somente para iludir e enganar ... o que o deus deles (que está neles) quer é dinheiro! Pague e tenha tudo de deus (o deus deles)! Pague e tenha o melhor da terra! Pague ... Pague ... a entrada para o inferno. Esses que pregam isso falam pelo espírito de Satanás que neles está. São filhos do Diabo e são obreiros dele.

Tudo o que você conseguiu pagando, será sustentado, pagando tributo ao Diabo. Não foi por causa da graça do Senhor Jesus Cristo. Não foi por causa da fé em Cristo, mesmo que diga ou tente convencer. Não. O Senhor Jesus não tem nada com este negócio. O pagamento foi para o inimigo fazer a "obra". O inimigo cobra a entrada e acesso para qualquer coisa, o Senhor, jamais.

Evangelho de Mateus, capítulo 7, diz:
"21. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
22. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demónios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
23. E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
24. Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
25. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
26. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
27. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda."

Romanos, capítulo 8, versículo 9, diz: "Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele."

Alguma dúvida? A Palavra de Deus já está condenando essas obras malditas.

O que falta para as pessoas deixarem as trevas e virem para a luz da verdade de Cristo?

Estes homens fazem com que seus dominados esqueçam que existe uma Palavra de Deus e um único Senhor, transfiguram-se na única e poderosa voz de deus, com seus discursos eloquentes e cheios de rapina, cegando, abusando, dominando, abortando, todos os dias, com amor e amém ...

Eu não nasci do útero da Assembléia de Deus e nenhuma outra, destes úteros fui abortado, morto, por causa das doutrinas de demônios e da lei, para ressuscitar, no lado de fora, livre, pela graça de Cristo.

Somos um só Corpo em Cristo, a igreja que está na face da terra, seja em lares ou outros lugares onde puder reunir, debaixo da doutrina dos apóstolos do Cordeiro que é a única doutrina de Cristo.

Urgente é, voltar às reuniões nos lares, com simplicidade e graça, onde tudo começou e nunca poderia ter parado.

Os crentes verdadeiros, da igreja do início, serão manifestados quando voltarem ao verdadeiro amor e doutrina de Cristo.

Maravilhosa Graça.

Irmão Sergio Luiz Brandão
publicado: 04 de setembro de 2010
atualizado: 08 de setembro de 2012

Clique para ouvir: 021. Filho verdadeiro  [letra + áudio]

Leitura complementar:
· Testemunho Evangélico - Sergio Luiz Brandão.

BLUES TO THE LORD - CHURCH - Brasil - São Paulo - Site Evangélico - 2004 ...
www.blues.lord.nom.br